segunda-feira, 19 de agosto de 2013

BOMBA ATÔMICA A DESTRUIÇÃO DA HUMANIDADE


BOMBA ATÔMICA
A DESTRUIÇÃO DA HUMANIDADE

            O planeta Terra fica cada dia mais perigoso para os seres vivos, a destruição não está vindo de fora como a destruição por asteróides na época dos dinossauros, ela está vindo pelo homem, em suas guerras infernais para obtenção de poder econômico, religioso e ideológico, e com a sua arma mais mortal A BOMBA ATÔMICA.
            O Japão foi o primeiro país a sofrer as conseqüências da bomba atômica, foi em 06 de agosto de 1945, a bomba jogada pelos EUA nas ilhas de Hiroshima e Nagasaki. Em Nagasaki 74 mil pessoas morreram quase que instantaneamente com a explosão, e mais de 63 mil morreram depois por causa da radiação e ferimentos causados pelo bombardeio. Em Hiroshima, a lista de mortos chegou a 242.437 nomes, tendo um total entre Nagasaki e Hiroshima de 379.776 pessoas mortas.
            Atualmente têm a bomba atômica estes países: Estados Unidos, França, Reino Unido, China, Rússia, Paquistão, Índia (talvez Israel, África do Sul, Coréia do Norte e Irã).
            A Coréia do Norte, país comunista, ditatorial, acaba de explodir uma bomba atômica como teste, e ameaça guerrear caso não permitam a existência dela no seu território, não está aceitando diálogo no que tange a não utilização de armas nucleares, coloca em risco países democráticos e capitalistas, caso da Coréia do Sul e Japão.
            O Irã segue o mesmo caminho da Coréia do Norte, e ameaça a existência de Israel. O Irã é um país ditatorial, teocrático, onde o fundamentalismo religioso age de forma hostil a todo ocidente, a xenofobia é sua marca, segue uma linha chamada xiita, e ataca também seus semelhantes sunitas, outra linha da mesma religião mulçumana.
            Enquanto a ONU - ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS tenta criar vigilância e sanções a estes novos países atômicos, eles riem de sua ineficácia, e continuam se armando cada vez mais, ameaçam diariamente seus vizinhos e rivais, e o mundo fica sujeito a uma guerra nuclear, que poderá destruir toda a humanidade.
            A tecnologia nuclear para fins pacíficos é e será importante para a humanidade, enquanto a tecnologia para fins bélicos poderá levá-la a destruição, as guerras e o temor de invasão de países beligerantes fazem com que novos estados queiram estar neste pequeno circuito de países com a bomba nuclear, na Coréia do Norte atômica o terror já começou, com o Irã atômico o terror vai piorar.
            A humanidade deverá tomar passos muito mais significativos para não permitir o uso bélico destas bombas por parte destes novos países atômicos, ou com certeza seremos todos destruídos, e o fim da humanidade em nosso planeta acontecerá de verdade. É importante que haja ação imediata pelos nossos principais dirigentes mundiais, e que Hiroshima e Nagasaki sirva de lição e seja o último exemplo da destruição atômica.

 

Isaac Sayeg

 
Jornalista e escritor

Fonte: http://www.paralerepensar.com.br/isaacsayeg_bombaatomica.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário